Conheça Todos os Tipos de Sinistro [Guia Completo]

tipos de sinistro
Solicite sua cotação na APVS Brasil clicando no botão

Tipos de sinistro quais são os principais e suas diferenças?

Imagine você estar dirigindo quando do nada um objeto voador atinge o pára-brisa do seu veículo

Ou quando você estaciona em algum lugar, e é infelizmente furtado

Nesses casos você esta diante de um sinistro

Embora nem todos tenham conhecimento, o tipo de sinistro pode impactar significativamente o seguro do seu veículo.

Compreender cada categoria e suas particularidades é essencial para saber como agir em situações de acidentes.

Mas, para facilitar, discutiremos um pouco mais sobre cada tipo.

Continue a leitura para obter informações detalhadas!

Conheça o significado de sinistro

O termo “sinistro” refere-se a qualquer evento coberto pelo seguro contratado e que esteja detalhado na apólice do contrato.

Em linguagem simples, um sinistro ocorre quando um veículo é danificado ou perdido devido a um evento coberto pelo seguro.

Mas como uma colisão acidental para a qual o segurado contratou cobertura, ou quando o carro é alvo de furto ou roubo, conforme previsto na apólice.

Se um veículo é roubado e o proprietário não contratou cobertura contra roubo ou furto, o evento (roubo do veículo) não é considerado um sinistro, pois os danos não são cobertos pelo seguro.

Como funciona o sinistro?

Quando ocorre um sinistro, há duas formas de receber a indenização da seguradora: a indenização parcial ou integral.

A classificação de um sinistro como perda parcial ou total é determinada objetivamente: se o custo do conserto for inferior a 75% do valor do veículo, é considerada uma perda parcial.

Mas, se os reparos custarem 75% ou mais do valor do veículo, é caracterizada uma perda total.

Então, veículos segurados que são roubados ou furtados e não são recuperados geralmente são indenizados integralmente.

No entanto, se o veículo for encontrado danificado antes da indenização, é realizada uma nova análise para determinar se os custos de reparo atingem 75% ou mais do valor do veículo.

Mas, quando ocorrem perdas parciais, as seguradoras buscam acelerar o processo para ajudar o segurado.

Geralmente, estabelecem parcerias com oficinas e fornecedores credenciados para atender aos veículos sinistrados com perda parcial.

Então, essas negociações prévias ajudam a obter descontos vantajosos para todas as partes envolvidas, incluindo seguradoras e segurados.

Nesses casos, as franquias podem receber descontos percentuais.

Portanto, é recomendável entrar em contato com a seguradora para verificar se ela possui parcerias com oficinas para reparos necessários.

Quais são os tipos de sinistros?

Os diversos tipos de sinistro no âmbito automotivo podem impactar diretamente o seguro do seu veículo.

Então conhecer cada categoria é fundamental para saber como agir diante de acidentes. Vamos explorar os principais tipos:

Sinistro de Trânsito

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sinistro de trânsito engloba qualquer ocorrência indesejada que resulte em danos materiais, pessoais ou até mesmo fatalidades.

Mas, podem variar de colisões leves a acidentes graves.

Então, em caso de sinistro de trânsito, é importante registrar o incidente, chamar autoridades competentes e, se aplicável, acionar as seguradoras para cobertura de danos.

Sinistro de Veículos

O sinistro de veículos refere-se a eventos que causam danos ao próprio veículo. Isso inclui acidentes de trânsito, roubo, furto, incêndio, enchentes e outros.

Mas avaliação do sinistro considera a extensão dos danos, sendo classificado como pequena, média ou grande monta.

Então a distinção entre “sinistro de trânsito” e “sinistro de veículos” está no contexto. O primeiro abrange todos os acidentes no trânsito, enquanto o segundo é específico para danos ou perda do veículo.

Sinistro Parcial

O sinistro parcial ocorre quando os danos ao veículo não ultrapassam 75% do valor na tabela FIPE. Nesses casos, o veículo é reparável e pode voltar a circular.

Sinistro Total

O sinistro total é declarado quando os danos ultrapassam 75% do valor do veículo na tabela FIPE. Pode ocorrer após acidente grave ou se o veículo for roubado e não recuperado dentro do prazo estipulado.

Pequena Monta

Sinistro de pequena monta envolve danos não significativos, permitindo a reparação do veículo sem exigir verificações adicionais. Então é classificado com 0 a 20 pontos no sistema de pontos.

Média Monta

Sinistro de média monta ocorre com danos mais substanciais. Após reparos, o veículo passa por avaliação técnica e, se aprovado, recebe Certificado de Segurança Veicular (CSV), podendo voltar a circular. Classificado com 21 a 30 pontos.

Grande Monta

Sinistro de grande monta torna o veículo irrecuperável. Mesmo após tentativas de recuperação, é destinado ao uso como sucata. Mas classificado com mais de 30 pontos no sistema.

Então esses tipos de sinistro é essencial para tomar medidas apropriadas em cada situação, buscando assistência e cumprindo procedimentos legais e de segurança.

proteção veicular em natal

Quais são os procedimentos em caso de sinistro?

Verifique a presença de feridos

Após um incidente, o primeiro passo é garantir que não haja feridos e que qualquer pessoa necessitada de assistência médica seja atendida prontamente.

Proteja os bens danificados

Em seguida, é importante proteger os bens danificados para evitar possíveis agravamentos dos danos ou riscos adicionais.

Mas, preservar os itens danificados é essencial para uma avaliação precisa por parte da seguradora.

Notifique a seguradora ou proteção veicular

Entre em contato com a seguradora ou proteção veicular, seja diretamente ou por meio de um consultor, para relatar o sinistro e verificar a cobertura da apólice contratada.

Então, forneça detalhes completos sobre o incidente, incluindo data, hora, danos e pessoas envolvidas.

Investigação dos danos

A proteção conduzirá uma investigação detalhada do incidente, coletando documentos e depoimentos para compreender a natureza, a causa e a extensão dos danos.

Avaliação da proteção veicular

Após a investigação, a proteção veicular avalia se o incidente está coberto pela apólice, solicitando documentos adicionais conforme necessário.

Indenização

Com base na avaliação dos danos e na cobertura da apólice ou do contrato, a proteção veicular decide se a indenização será concedida ao segurado ou se o sinistro será encerrado sem pagamento de indenização.

Encerramento do processo

Mas, após a decisão da proteção, o processo de sinistro é encerrado, com o pagamento da indenização, se aplicável, ou com a conclusão do processo sem pagamento de indenização.

Sinistro no documento

Quando um veículo enfrenta um sinistro, essa informação é registrada no certificado de registro de licenciamento de veículo (CRLV)

Então, em casos de sinistro de grande monta, onde o veículo é considerado irrecuperável, ele recebe a designação de “baixado”

Então se um veículo baixado passa por um leilão e é recuperado, pode ser reintegrado as estradas.

Mas, a informação do sinistro permanece registrada no documento.

Então esse registro e gerenciado pelo departamento estadual de trânsito (Detran) de cada estado, sendo importante ao avaliar a compra de um veículo usado.

Mas a maneira como o sinistro é indicado no documento pode variar. Então pode haver uma observação indicando que o veículo foi recuperado após ter sido classificado irrecuperável.

Porque em outros casos, pode existir um indicativo claro de que o veículo sofreu um sinsitro grande monta.

Mas independentemente da forma de indicação, a presença de um sinistro histórico do veículo pode impactar o seu valor de mercado.

Então agora que você sabe o que são sinistro no documento, é importante conhecer os tipos de imprevistos cobertos pela proteção veicular.

tipos de sinistro

Coberturas Importantes Oferecidas pela Proteção Veicular

As associações de proteção veicular proporcionam cobertura para uma variedade de imprevistos, cada uma com suas condições e limitações específicas.

Então é importante examinar detalhadamente o contrato de proteção veicular para compreender tudo o que está incluso.

Acidentes e Colisões:

A proteção veicular para acidentes e colisões é uma das coberturas mais comuns.

Mas ela assegura a indenização por danos causados ao veículo segurado em situações como colisões com outros veículos ou objetos na via.

Então quando os danos superam 75% do valor de mercado do veículo, muitas associações consideram como perda total, ressarcindo de acordo com a tabela FIPE.

Porque essa proteção é vital para garantir a estabilidade financeira do proprietário diante de acidentes imprevistos.

Roubo e Furto:

A proteção veicular contra roubo e furto tornou-se praticamente essencial.

Mas essa cobertura garante o ressarcimento de até 100% da tabela FIPE nos casos em que o veículo não é recuperado após um incidente de roubo ou furto.

Fenômenos da Natureza:

Associações de proteção veicular também oferecem proteção contra danos causados por fenômenos naturais, como tempestades, vendavais, inundações, raios, queda de galhos de árvores e incêndios.

Mas essa cobertura, frequentemente opcional, pode ser importante dependendo do local de estacionamento do veículo ou da frequência de exposição a condições climáticas adversas.

Então a avaliação da necessidade dessa cobertura deve considerar os riscos ambientais presentes na área de utilização do veículo.

Danos a Terceiros:

A proteção veicular para danos a terceiros é essencial para minimizar os prejuízos causados a outras pessoas em caso de colisões no trânsito.

Mas seu propósito é cobrir os custos de reparo dos veículos de terceiros que sofram danos durante o incidente.

Então essa proteção visa proteger o associado contra custos elevados de reparação ou compensação a terceiros.

Cada uma dessas coberturas desempenha um papel fundamental na preservação da segurança e tranquilidade dos proprietários de veículos, assegurando uma resposta adequada em diversas situações imprevistas.

tipos de sinistro

Dicas para proteger o seu veículo

Para proteger o seu veículo contra imprevistos no trânsito, uma opção altamente viável é optar pela proteção veicular.

Então essa modalidade, que surge como uma alternativa ao seguro convencional, oferece várias vantagens que tornam a proteção do veículo mais acessível e menos burocrática.

Cobertura Completa:

A proteção veicular proporciona uma cobertura ampla, incluindo desde colisões, roubos e furtos até danos causados por fenômenos naturais e terceiros.

Em diversos tipos de imprevistos, a proteção veicular pode garantir a cobertura integral dos danos.

Por exemplo, em caso de roubo, a proteção veicular cobre o valor total do veículo conforme a tabela FIPE. Se ocorrer uma colisão com danos parciais, a proteção cobre os custos dos reparos necessários.

Sem Análise de Risco do Condutor:

Ao contrário do seguro tradicional, a proteção veicular não realiza uma análise de risco baseada no perfil do condutor.

Idade, sexo, estado civil, profissão ou histórico de direção do motorista não influenciam o valor da proteção.

Enquanto seguradoras tradicionais podem cobrar prêmios mais altos de condutores jovens ou profissionais que utilizam o veículo para trabalho.

Mas na proteção veicular esses fatores não são considerados, tornando-a mais acessível a diversos perfis de motoristas.

Sem Verificação de Restrições de Crédito:

Tipos de sinistro: Outra vantagem importante da proteção veicular é que ela não realiza consultas a órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

Isso significa que mesmo pessoas com restrições de crédito podem contratar a proteção veicular. Ter um nome “sujo” não é um impedimento para proteger o seu veículo.

Por todos esses motivos, a proteção veicular se destaca como uma opção mais econômica e acessível para a maioria dos motoristas.

Além disso, o processo de ativação à proteção veicular é simples e descomplicado, em comparação com a contratação de um seguro tradicional.

Isso faz da proteção veicular uma escolha cada vez mais atraente para proprietários de veículos que buscam uma maneira eficaz e descomplicada de proteger seus bens contra diversos imprevistos no trânsito.

Proteja seu veículo com a APVS Brasil contra todos os tipos de sinistro

14 Anos de Experiência no Mercado:

A APVS Brasil é uma referência no segmento de proteção veicular, acumulando 14 anos de experiência. Então com um histórico sólido, oferecemos serviços de qualidade para garantir a segurança do seu veículo.

280 Mil Associados Ativos:

Contamos com uma extensa base de associados ativos, totalizando 280 mil membros que confiam na proteção oferecida pela APVS Brasil.

Maior Estrutura da América Latina:

Somos reconhecidos pela maior estrutura física da América Latina no ramo de proteção veicular, proporcionando amplo suporte aos nossos associados.

Mais de 1200 Funcionários Internos:

Com uma equipe interna dedicada de mais de 1200 profissionais, trabalhamos incansavelmente para garantir a segurança e satisfação dos nossos associados.

Rede Nacional de Pronta Resposta:

Contamos com uma extensa rede nacional de pronta resposta, assegurando uma resposta eficiente em situações de sinistro.

Segurança, Qualidade, Confiança e Respeito:

Na APVS Brasil, nos comprometemos com os mais altos padrões de segurança, qualidade, confiança e respeito em todos os aspectos do nosso atendimento.

Atendimento com Excelência, Integridade e Sustentabilidade:

Priorizamos o atendimento com excelência, integridade e sustentabilidade, proporcionando uma experiência positiva aos nossos associados.

Máxima Garantia de Proteção:

Na APVS, você tem a máxima garantia de proteção. Nossa posição de liderança no ramo é reflexo do compromisso com a segurança do seu veículo.

Oficinas Credenciadas em Todo o Brasil:

Contamos com uma ampla rede de oficinas credenciadas em todo o Brasil, garantindo serviços de qualidade em qualquer região.

Mais de 300 Regionais Pelo Brasil:

Com presença em mais de 350 regionais pelo Brasil, asseguramos uma cobertura abrangente para atender às necessidades dos nossos associados.

Atendimento Nacional em 23 Estados:

Oferecemos atendimento nacional em 23 estados, proporcionando uma presença significativa em todo o território brasileiro.

Mais de 3 Mil Consultores Externos:

Contamos com uma equipe de mais de 3 mil consultores externos, prontos para oferecer suporte personalizado aos nossos associados.

Única Associação com Gerenciamento de Risco Próprio 24h por Dia:

A APVS Brasil é a única associação com gerenciamento de risco próprio, operando 24 horas por dia para garantir uma resposta rápida e eficiente.

Então confie na APVS Brasil para a proteção completa do seu veículo. Não é à toa que somos a número 1 do ramo.

A APVS Brasil term um atendimento personalizado atrvaés do WhatsApp clicado AQUI.

tipos de sinistro

Coberturas e benefícios da APVS Brasil

Fenômenos da Natureza:

Protegemos seu veículo contra eventos naturais como enchentes, queda de árvores e granizo. Mas consulte o regulamento para saber mais sobre a cota de participação conforme o modelo do veículo.

Incêndio:

Em casos de colisão ou pane que resultem em fogo, a APVS oferece cobertura completa. Então Conheça os detalhes no regulamento e verifique a cota de participação de acordo com o modelo do seu veículo.

Colisão:

Em situações de impacto entre veículos, garantimos a cobertura. A cota de participação varia conforme o modelo, abrangendo desde veículos leves até pesados, como carros, motos e caminhões.

Então destacamos o compromisso de consertar o caminhão do associado em até 60 dias úteis.

Mas, caso não ocorra, o associado tem direito a uma indenização para cobrir despesas no período em que ficou sem trabalhar.

Benefícios Adicionais para Motoristas de Aplicativos:

Oferecemos benefícios exclusivos para motoristas de aplicativos, incluindo:

  • 1 Reboque a Cada 30 Dias
  • Carro Reserva: 7 Dias ou Reembolso de R$ 500,00
  • Motoristas de App: 14 Dias ou Reembolso de R$ 1.000,00
  • Motoristas de App: 30 Dias ou Reembolso de R$ 1.500,00

Esses benefícios podem ser utilizados em casos de roubo, furto, colisões acionadas pela APVS, perda total e incêndio.

Mas até mesmo colisões provocadas por terceiros em seu veículo, onde acionamos o seguro deles para reparar o seu.

Então trabalhe com proteção veicular na APVS e desfrute de uma cobertura abrangente e benefícios exclusivos para garantir a segurança do seu veículo.

Então consulte nossas condições e proteja-se com a APVS Brasil

Venha fazer parte da melhor proteção veicular do Brasil clicando AQUI.

Perguntas frequentes sobre o sinistro

O que é “sinistro recuperado”?

Tipos de sinistro: Quando o termo “sinistro recuperado” aparece em documentos de veículos, indica que o carro foi roubado, sofreu danos em um acidente, e o seguro foi acionado.

Quais são os direitos de terceiros em sinistros?

Os direitos de terceiros em sinistros variam conforme as disposições da apólice de seguros. Estas estabelecem limites de ressarcimento e outros termos importantes.

Como consultar sinistro?

Tipos de sinistro: Para verificar se um veículo está sinistrado, você pode acessar o site do DETRAN, usando o número do chassi e placa do veículo, em algumas localidades do Brasil.

Como remover sinistro do documento do veículo?

Para desbloquear o sinistro do veículo, é necessário solicitar ao DETRAN o registro do veículo e preencher um formulário disponível no site do departamento.

A seguradora pode cobrar do culpado o prejuízo do sinistro?

Tipos de sinistro: Sim, a seguradora pode cobrar reembolso de terceiros. O segurado, se vítima, também pode reaver parte do valor da franquia do culpado.

Existem motivos para a seguradora não pagar um sinistro?

Sim. Existem várias situações que eximem a seguradora da responsabilidade de arcar com os custos de um sinistro.

Confira a seguir as principais:

  • Mentir sobre as informações – informar dados errados e divergentes ao que de fato aconteceu pode ocasionar a negação do sinistro;
  • Perfil incorreto – qualquer informação errada sobre o perfil, como, por exemplo, a idade do motorista, pode ocasionar na negação do sinistro;
  • Mudança de perfil durante a vigência do contrato – se você se mudar de casa, se casar ou se separar, por exemplo, e não informar isso à seguradora, esses fatos não relatados podem ocasionar a negação de sinistros;
  • Dirigir embriagado – a embriaguez no volante é um crime federal e a indenização pode ser negada se essa for a causa de um acidente;
  • Emprestar o carro para pessoas sem habilitação – as seguradoras não têm obrigação de indenizar acidentes provocados por pessoas sem habilitação;
  • Atraso no pagamento da franquia – o não pagamento das mensalidades pode gerar a suspensão da cobertura e até mesmo o cancelamento do seguro;
  • Sinistro intencional – quando segurados provocam danos propositalmente buscando receber algum valor indenizatório das seguradoras;
  • Agravamento de risco – ações consideradas como agravo de risco, como carros estacionados com vidro aberto, chave deixada no contato e qualquer outra situação que exponha o veículo a um risco desnecessário;
  • Colocar acessórios de valor no veículo – instalar acessórios muito chamativos no carro, como aparelhos de som ou DVD, são considerados uma espécie de agravamento de risco, o que pode resultar no não pagamento da indenização;
  • Mudanças na estrutura do veículo – qualquer mudança na estrutura do veículo deve ser comunicada à seguradora, ou pode resultar na negação da indenização;
  • Acidentes provocados por terceiros – se um manobrista, por exemplo, bater seu carro, nem adianta entrar em contato com a sua seguradora, pois isso não está coberto;
  • Tumultos generalizados – quando o segurado expõe o veículo a situações de risco, como manifestações políticas ou brigas de torcida;
  • Dirigir na contramão – dirigir na contramão é uma infração de trânsito gravíssima e, portanto, não é coberta pelos seguros;
  • Dirigir acima do limite de velocidade – dirigir acima do limite de velocidade é uma infração de trânsito, então a seguradora não é obrigada a pagar o sinistro nesses casos.

Conclusão tipos de sinistro

Tipos de sinistro: Em resumo, a compreensão dos diversos tipos de sinistro é importante para uma condução mais segura e a escolha acertada de proteção para seu veículo.

Então desde sinistros de trânsito até situações de roubo, furto, e danos causados por fenômenos naturais, a variedade de incidentes possíveis destaca a importância de uma cobertura abrangente.

Ao explorar as nuances entre sinistros de pequena, média e grande monta, é possível avaliar melhor os danos potenciais e as medidas necessárias para reparo.

Mas, adicionalmente, a identificação clara de termos como sinistro total, parcial e suas implicações auxilia na tomada de decisões informadas.

Proteger-se contra imprevistos é uma escolha sábia, e entender as coberturas oferecidas por associações como a APVS Brasil pode ser a chave para garantir a segurança do seu veículo em todas as circunstâncias.

Ao considerar a proteção veicular, avalie as necessidades específicas do seu veículo, levando em conta o local de uso e os riscos ambientais.

Mas, esteja ciente das diferenças entre seguro tradicional e proteção veicular, beneficiando-se de uma escolha mais acessível e descomplicada.

Em suma, ao compreender os tipos de sinistro e escolher uma proteção adequada, você está investindo não apenas na segurança do seu veículo, mas também na tranquilidade em situações imprevistas.

Então proteja-se de maneira inteligente e respaldada com conhecimento sobre os diversos tipos de sinistros.

Venha fazer parte da maior proteção veicular da america latina APVS Brasil, clique AQUI e solicite uma cotação rápida e prática.

Gostou do artigo tipos de sinistro? Compartilhe com quem precisa de proteção veicular.

Solicite sua cotação na APVS Brasil clicando no botão

Posts Relacionados

Veja mais
O que é um Carro Híbrido? Quais as Suas Vantagens?

O que é um Carro Híbrido? Quais as Suas Vantagens?

O que é um carro híbrido? Se você está curioso sobre o que define um carro híbrido, é fundamental começar compreendendo que esses veículos combinam duas formas de propulsão: um

Cooperativa de Seguro Caminhão Vale a Pena Contratar? [A VERDADE]

Cooperativa de Seguro Caminhão Vale a Pena Contratar? [A VERDADE]

Cooperativa de Seguro Caminhão vale a pena contratar? Qual é a melhor cooperativa de seguro para caminhão? Essas são algumas dúvidas frequentes, e vamos esclarecer elas para você. Porque hoje

Qual o Melhor Óleo Para Moto?

Qual o Melhor Óleo Para Moto?

Qual melhor óleo para moto? É um equívoco pensar que cuidar de uma motocicleta se resume a uma revisão anual. Na verdade, manter o veículo em boas condições, garantir sua

Melhores Seguros para Carros

Melhores Seguros para Carros

Melhores seguros para carros quais são? Escolher o seguro auto ideal pode ser uma tarefa bem difícil, não é mesmo? E temos tantas opções de seguro no mercado Na busca

Lista de Melhores Empresas de Seguro de Carros

Lista de Melhores Empresas de Seguro de Carros

Empresas de Seguro de Carros quais são? Escolher uma das melhores seguradoras de carros para proteger o veículo é uma decisão importante para qualquer pessoa com propriedade de um automóvel. Afinal, o seguro

Quanto Ganha um Vendedor de Carros? Comissão ou Salario Fixo?

Quanto Ganha um Vendedor de Carros? Comissão ou Salario Fixo?

Quanto Ganha um Vendedor de Carros? Comissão ou Salario Fixo? Qual é melhor? Comissão para vendedor de carros é uma das formas mais comuns de remuneração nas revendas de seminovos

Venha fazer parte da Maior Proteção Veicular da America Latina

Solicite sua cotação agora clicando no botão abaixo

Na APVS Brasil você tem um atendimento personalizado através do WhatsApp, aqui na APVS você tem coberturas como: roubo, furto, PT, terceiros, assistência 24 horas, e muito mais, clique no botão acima agora e solicite sua cotação!