Carro de Leilão faz Seguro? [Guia Completo]

Solicite sua cotação na APVS Brasil clicando no botão

Carro de leilão faz seguro?

Neste texto, exploraremos o processo de assegurar um veículo adquirido em leilão.

Mas esclareceremos suas dúvidas sobre o seguro para carros provenientes de leilões e destacaremos os cuidados necessários ao comprar um veículo dessa natureza.

Muitos questionam se é possível segurar veículos adquiridos em leilões de carros ou provenientes de recuperação de financiamento.

A resposta é sim, desde que o automóvel passe por uma inspeção e seja aprovado.

Em essência, o procedimento para assegurar um carro comprado em leilão segue o mesmo padrão necessário para outros veículos, exigindo apenas um pouco mais de cautela.

Para iniciar, é fundamental que o veículo possua um laudo de inspeção veicular emitido pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

Esse documento atesta a adequação legal do carro, sendo essencial para que a contratação do seguro seja aceita sem problemas.

Contudo, o principal desafio nessa situação é que diversas seguradoras e instituições financeiras realizam leilões de veículos com documentação irregular ou adulterada.

Portanto, após a compra, existe o risco de o veículo não ser aceito por uma seguradora.

Por isso, é importante se orientar que é viável assegurar carros provenientes de leilão, contanto que o veículo esteja legalmente habilitado.

Consequentemente, é importante ter precaução ao adquirir o automóvel.

Comprar um veículo por um valor significativamente inferior ao de mercado pode acarretar diversos problemas.

Portanto, é essencial estar bem informado sobre como assegurar um carro adquirido em leilão

Tenha cuidado com os leilões de auto!

Quem não gostaria de adquirir um carro a um preço mais acessível em um leilão automotivo?

Embora isso seja possível, é importante ressaltar que nem todos os leilões são confiáveis.

Por exemplo, o veículo pode ter seu chassi adulterado, uma informação que o leiloeiro pode não divulgar ao comprador.

No entanto, ao regularizar o veículo, podem surgir diversos obstáculos.

Por isso, ao participar de um leilão, é essencial garantir que ele seja autorizado e esteja em conformidade com todas as regulamentações.

Os leilões podem ser conduzidos por instituições financeiras, seguradoras, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e outras entidades, desde que devidamente autorizados pela Prefeitura Municipal.

Outro aspecto a ser considerado é que, após a aquisição de um veículo em leilão, o comprador não poderá reclamar sobre o estado do automóvel.

Por exemplo, se o carro adquirido estiver classificado como perda total e não for mais viável para uso, o comprador ficará apenas com uma sucata.

Se o comprador não verificou essa condição antes de arrematar o veículo no leilão, enfrentará um prejuízo.

Em todo caso, é importante que o comprador seja informado sobre quaisquer problemas com o veículo no momento da compra, incluindo a possibilidade de recusa pelo seguro.

Dicas importantes para avaliar no leilão

Um veículo com múltiplas alterações em sua estrutura é frequentemente rejeitado pelas seguradoras.

Portanto, é importante ter cautela ao participar de qualquer evento de leilão de automóveis.

Se houver qualquer omissão de informação, a seguradora não poderá ser responsabilizada pelo veículo adquirido.

Isso colocará o comprador como único responsável por quaisquer reparos necessários no veículo.

Para compreender as regulamentações do leilão de carros, é fundamental examinar seu edital.

Esse documento está sempre disponível para os interessados no leilão, inclusive online.

Assim, é possível verificar se o veículo foi danificado.

Outra sugestão é solicitar comprovações de que a documentação do veículo está em ordem.

Dessa forma, você terá a garantia de poder transferir o veículo para o seu nome posteriormente.

Em caso de dúvida, sempre consulte a Prefeitura e/ou o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para confirmar se o leilão de carros foi devidamente autorizado

Quais são os tipos de veículos encontrados em leilão?

Os leilões de automóveis apresentam diversas categorias básicas de veículos, cada uma com implicações distintas no processo de seguro.

É fundamental compreender essas categorias para garantir que o veículo adquirido esteja apto para ser segurado e para evitar surpresas desagradáveis no futuro.

Aqui estão algumas das categorias encontradas:

Veículos recuperados de financiamento:

Esses veículos são relativamente mais fáceis de serem segurados, pois geralmente estão em boas condições e foram apreendidos como forma de quitação de dívidas com a financeira.

No entanto, a indenização em caso de perda total pode ser parcial, variando entre 75% e 95% do valor de tabela do carro.

Na APVS Brasil, sua depreciação é somente de 20%

Veículos recuperados de sinistros de médio ou grande porte:

Nesses casos, é provável que o seguro cubra apenas roubo e furto, sem incluir cobertura para colisão, devido aos danos prévios do veículo.

O histórico de sinistros pode aumentar o risco percebido pelas seguradoras.

Veículos com sinistros leves:

Embora o valor coberto pelo seguro possa ser menor que o da tabela FIPE, é mais fácil obter cobertura para esses veículos, pois os sinistros leves têm menos impacto no risco de novos sinistros.

Veículos com sinistro recuperado:

A presença desse status indica que o sinistro foi de médio ou grande porte, o que pode dificultar a obtenção de seguro, devido ao aumento do risco percebido.

Veículos com sinistro indenização:

Após um sinistro total, no qual os danos excedem 75% do valor do carro, as chances de obter seguro são remotas, pois o veículo pode ser considerado “sucata” pelas seguradoras.

Veículos com chassi remarcado:

A aceitação no seguro é possível, desde que a desvalorização da tabela FIPE fique entre 10% e 30%. A remarcação do chassi pode ocorrer após acidentes graves, roubo ou corrosão.

É essencial entender essas categorias e consultar as seguradoras para determinar a viabilidade de segurar um veículo adquirido em leilão

Como funciona a vistoria para avaliar as condições do veículo?

O processo de vistoria para avaliação das condições do veículo é importante antes de garantir um seguro para carros adquiridos em leilão, independentemente do seu modelo ou ano.

Durante essa inspeção, todas as características do veículo são examinadas, incluindo sua lataria, pneus, números do chassi, acessórios e estado geral do motor.

Essa atenção detalhada é especialmente importante devido à natureza do veículo adquirido em um leilão de carros.

Caso o veículo passe na vistoria técnica e possua o laudo de inspeção veicular emitido pelo Detran, as chances de recusa por parte das seguradoras serão reduzidas.

No entanto, é importante destacar que as seguradoras não estão legalmente obrigadas a segurar o veículo, mesmo se ele for aprovado na vistoria e possuir toda a documentação em ordem.

As empresas têm o direito de recusar o serviço a seu critério, mas devem fornecer uma recusa por escrito, com uma justificativa apropriada.

Como é possível fazer carro de leilão fazer seguro?

Para aumentar suas chances de encontrar uma seguradora disposta a aceitar seu carro adquirido em leilão, é recomendável seguir algumas orientações úteis.

Veja abaixo:

  1. Opte por um corretor de seguros ou um consultor que tenha parcerias com diversas seguradoras, olhe também as associações, como a APVS. Ele terá a capacidade de solicitar várias cotações simultaneamente, o que facilita encontrar uma empresa disposta a aceitar seu veículo;
  2. Solicite um orçamento que inclua variações do percentual da tabela FIPE. Isso aumenta a probabilidade de aceitação, pois as seguradoras terão conhecimento de que poderão pagar, por exemplo, 90% ou 75% do valor da tabela em caso de perda total;
  3. Peça cotações com diferentes tipos de cobertura de seguro, incluindo cobertura compreensiva (que abrange todos os tipos de danos) e apenas para incêndio e roubo. Geralmente, as seguradoras estão mais inclinadas a aceitar o risco de um carro leiloado quando as coberturas são mais básicas e variadas

Por que carro de leilão faz seguro com valor da tabela FIPE reduzido?

Talvez você esteja se perguntando porque as seguradoras, muitas vezes, não respeitam os 100% da tabela FIPE.

Isso acontece porque o valor de mercado do veículo não é mais o mesmo, após um sinistro e/ou leilão.

Se você pensar em vender esse veículo, perceberá que os valores serão bem menores do que a maioria dos carros do mesmo modelo e ano.

Afinal, um veículo leiloado é adquirido por valor abaixo do mercado.

Não é justo que um veículo comprado com descontos de 30% ou 40% na tabela FIPE seja assegurado com indenizações de 100% do valor de um carro novo.

Mas afinal, carro de leilão faz seguro?

Então, é possível assegurar um carro adquirido em leilão?

Sim, tanto veículos de leilão quanto os recuperados de financiamento podem ser segurados.

Contudo, a viabilidade desse seguro depende do histórico do veículo e de uma inspeção.

Outros fatores também são considerados pelas seguradoras na avaliação do veículo, como a idade e o tempo de habilitação do condutor, além dos índices de roubo na região onde o carro circula.

Com essas informações, a seguradora pode avaliar o risco de sinistro e decidir pela aceitação ou recusa do carro no seguro.

Exija uma vistoria antes de aceitar o “Não”!

É importante ressaltar que a recusa do seguro sem uma vistoria técnica adequada é considerada uma prática abusiva, conforme estabelece o artigo 39, IX, do Código de Defesa do Consumidor.

A seguradora precisa justificar claramente o motivo da recusa.

Além disso, é proibido que a seguradora cobre valores abusivos apenas porque o veículo foi adquirido em leilão.

Se isso ocorrer, a seguradora pode enfrentar sanções legais.

Por isso, é recomendável solicitar cotações de várias empresas e comparar os valores. Nenhuma empresa pode cobrar taxas extras pelo fato do veículo ser proveniente de leilão.

Se isso acontecer, é possível denunciar a seguradora à Superintendência de Seguros Privados (Susep) e ao Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) da sua cidade.

proteção veicular uberlândia

Seguradoras que aceitam carros de leilão

Identificar as seguradoras que aceitam carros de leilão pode ser desafiador, já que a disponibilidade de cobertura depende de diversos fatores, como o motivo do veículo ter ido a leilão e seu tipo.

Portanto, ao buscar segurar seu veículo, é fundamental realizar uma pesquisa completa.

Sugerimos fazer cotações com várias empresas diferentes, pois é provável que pelo menos uma delas ofereça proteção para seu veículo leiloado.

Para simplificar esse processo, contar com um corretor de seguros experiente pode ser uma excelente opção.

Esses profissionais possuem contatos diretos com as seguradoras, agilizando o processo de contratação.

Abaixo, listamos algumas das principais seguradoras do país, onde você pode tentar contratar seu seguro:

  • Porto Seguro
  • Itaú Seguros
  • Azul Seguros
  • Bradesco Seguros
  • SulAmérica
  • MAPFRE
  • HDI Seguros
  • Tokio Marine
  • Allianz

*Lembre-se de verificar possíveis mudanças nas políticas diretamente nos sites de cada seguradora.

Em todo caso, ao adquirir um veículo em leilão, certifique-se de sua legalidade e condições de uso, com todos os documentos em ordem e eventuais danos devidamente informados ao comprador.

Além disso, é essencial confirmar se o leilão foi devidamente autorizado pelos órgãos competentes, garantindo assim um negócio lícito e facilitando a obtenção de seguro para o veículo adquirido em leilão.

Finalmente, evite ocultar o fato de o carro ser proveniente de leilão, pois as seguradoras têm meios de verificar essa informação

Como funciona os carros de leilão nas associações de proteção veicular?

A proteção veicular é uma modalidade de segurança e assistência para veículos que segue um modelo semelhante aos seguros tradicionais.

Nesse formato, os proprietários de veículos se associam a uma entidade, geralmente uma associação de proteção veicular, pagando mensalidades para terem acesso a uma variedade de serviços e benefícios.

O sistema de proteção veicular opera com base na colaboração mútua dos associados.

Quando um membro enfrenta problemas com o veículo, como roubo, furto, colisão, entre outros eventos indesejados, a associação utiliza parte das mensalidades arrecadadas para cobrir os prejuízos.

Mas dessa forma, os custos são compartilhados entre os associados, tornando a proteção veicular uma opção financeiramente mais acessível.

As associações de proteção veicular oferecem uma ampla gama de serviços, incluindo cobertura contra roubos, furtos, colisões, incêndios e outros incidentes.

Além disso, muitas entidades disponibilizam assistência 24 horas, como reboque, socorro mecânico, chaveiro, táxi ou Uber em casos de emergência, e até mesmo carro reserva em algumas situações.

Para aderir à proteção veicular, os interessados precisam preencher requisitos estabelecidos pela associação, como a apresentação da CNH, comprovação de residência e pagamento da mensalidade.

Mas destaca-se a importância de pesquisar e escolher uma associação confiável, com histórico sólido e boa reputação no mercado, como em qualquer serviço.

Em resumo, a proteção veicular se destaca como uma alternativa interessante aos seguros tradicionais, proporcionando cobertura e assistência aos proprietários de veículos por meio de associações colaborativas.

Então esta modalidade é vantajosa para aqueles que buscam economia financeira e uma forma de proteger o veículo contra imprevistos, garantindo maior segurança e tranquilidade no dia-a-dia.

Continue lendo que vamos te apresentar a melhor.

Como funciona o seguro para carro comprado em leilão?

O seguro para um carro adquirido em leilão opera de maneira semelhante a qualquer outro tipo de seguro automotivo, com uma variedade de coberturas disponíveis para proteção contra perda parcial ou total.

Vamos explorar as coberturas comuns ao segurar um veículo proveniente de um leilão.

Estas coberturas representam as situações em que a seguradora irá compensar por qualquer dano ao carro em caso de sinistro.

Algumas seguradoras podem optar por cobrir apenas furto e roubo, considerando o risco associado ao histórico do veículo.

No entanto, existem aquelas que oferecem uma gama mais ampla de coberturas, como colisão, incêndio e até mesmo queda de raio.

Além das coberturas básicas, há também aquelas consideradas adicionais, como proteção para vidros, equipamentos de mídia, assistência 24 horas e carro reserva, entre outras.

Veja bem

Ao escolher as coberturas para o seu seguro, é importante considerar suas necessidades específicas.

Por exemplo, se você vive em uma região propensa a inundações, pode optar por incluir proteção contra esse tipo de evento.

A perda parcial ocorre quando o veículo sofre danos que podem ser reparados e que representam até 75% do valor de mercado do carro.

Nesse caso, a seguradora paga parte dos custos do reparo, enquanto o segurado cobre o restante, conhecido como franquia.

Já a perda total acontece quando os danos ao veículo ultrapassam 75% de seu valor de mercado.

Nesse caso, o veículo não pode ser reparado e o segurado recebe uma indenização equivalente ao valor do veículo no mercado, geralmente com base na tabela FIPE.

É importante ressaltar que as seguradoras têm até 30 dias para efetuar o pagamento da indenização, a partir da entrega dos documentos necessários.

Este prazo pode ser suspenso temporariamente caso haja necessidade de mais informações ou documentos adicionais.

Estas são as regras estabelecidas pela Susep para proteger os direitos dos segurados e garantir transparência no processo de indenização

Como economizar no seguro auto para carros de leilão? 

Assim como para contratar o seguro de veículos em geral, para economizar no seguro auto você pode:  

  • Contratar as coberturas essenciais, pois quanto menos coberturas, mais barato é o seguro; 
  • Ter um bom perfil como motorista; 
  • Contratar a proteção em nome de mulher, já que o seguro auto para mulheres é mais barato
  • Cotar com mais de uma seguradora para comparar os preços x coberturas oferecidas; 
  • Entre outros. 

Mas, como já informamos, as seguradoras de automóveis consideram diversas análises antes de calcular o preço do seguro.

Entre elas, avaliam o valor do bem na Fipe veículo, para o caso de precisar reembolsar o bem no sinistro de roubo, furto ou perda total. 

Além disso, como também já mencionamos, se você comprou o bem em um leilão de veículos, saiba que pagará um valor superior ao que pagaria se o carro fosse adquirido de outra forma

Qual é a melhor associação de proteção veicular para meu veículo de leilão?

Com 14 anos de experiência, a Associação de Proteção Veicular (APVS) se destaca como líder no segmento, sendo uma referência em serviços de proteção.

Então com um impressionante número de 250 mil associados ativos, a APVS é reconhecida por oferecer a maior estrutura da América Latina, proporcionando confiança e segurança aos seus associados.

Mas com mais de 1200 funcionários internos dedicados ao atendimento, a APVS se orgulha de sua rede nacional de pronta resposta, garantindo assistência eficiente em todo o território brasileiro.

Então os valores fundamentais da associação incluem segurança, qualidade, confiança e respeito, refletindo em um atendimento pautado pela excelência, integridade e sustentabilidade.

Portanto, escolhendo a APVS, você tem a máxima garantia de proteção para o seu veículo de leilão.

A associação ocupa o posto de número 1 no ramo, oferecendo oficinas credenciadas em todo o Brasil.

Então com mais de 300 regionais espalhadas pelo país, a APVS atende em 23 estados, proporcionando assistência nacional com o suporte de mais de 3 mil consultores externos.

Destacando-se como a única associação com gerenciamento de risco próprio 24 horas por dia, a APVS oferece uma combinação única de experiência, confiabilidade e abrangência nacional.

Faça a escolha certa para a proteção do seu veículo de leilão. Conte com a APVS, a melhor opção do mercado de proteção veicular.

Se deseja fazer uma cotação, clique AQUI e fale conosco agora mesmo!

O que fazer se a seguradora não aceitar fazer o seguro do meu carro? 

Se a sua seguradora se recusar a oferecer seguro para o seu veículo, não se preocupe, pois você pode buscar cotações em outras empresas.

No entanto, é importante ressaltar que uma seguradora só pode negar a proteção para um veículo se isso estiver especificado nas condições da proposta de seguro.

Além disso, a razão da recusa deve ser detalhadamente descrita, e essa negativa só pode ocorrer dentro do prazo estabelecido para a aceitação do consumidor.

As seguradoras têm até 15 dias para aceitar ou recusar a proteção do veículo, contados a partir do recebimento da proposta pelo cliente.

É essencial que a recusa seja documentada oficialmente.

Em geral, as empresas realizam uma análise de risco completa e podem solicitar documentos adicionais, especialmente no caso de veículos provenientes de leilão.

Nesse cenário, o prazo de 15 dias é suspenso e reiniciado a partir da entrega dos documentos adicionais.

Algumas seguradoras oferecem um tipo de seguro temporário para o motorista durante esse período de avaliação, garantindo que ele não fique desprotegido

Como o preço do seguro é definido?

O preço do seguro é estabelecido com base em uma série de fatores que as seguradoras avaliam ao cotar um seguro auto.

Esses fatores abrangem tanto características do carro quanto do perfil do motorista, e juntos determinam o risco de sinistro do veículo.

Por exemplo, os motoristas do sexo masculino tendem a apresentar um maior risco de sinistro, pois estatisticamente estão envolvidos em mais acidentes.

Por outro lado, as mulheres têm uma frequência menor de ocorrências no trânsito, o que geralmente resulta em prêmios de seguro mais baixos.

Além do sexo do condutor, outros aspectos como idade, tempo de posse da CNH, ocupação, modelo e ano do veículo, local de circulação, local de estacionamento e extensão das coberturas são considerados.

Todos esses dados são analisados em conjunto pela seguradora para calcular o risco de sinistro com maior precisão.

Portanto, ao contratar um seguro, é fundamental realizar uma pesquisa detalhada.

As seguradoras levam em conta diversos aspectos para determinar o preço do seguro, e comparar as ofertas pode garantir uma escolha mais vantajosa.

Em resumo, ao considerar a aquisição de um carro proveniente de leilão, é importante ponderar as vantagens e desvantagens.

Avaliar cuidadosamente as condições do veículo pode ajudar a determinar se a compra vale a pena.

Conclusão Carro de Leilão faz Seguro

Carro de Leilão faz Seguro? Sim, se você está considerando adquirir um carro proveniente de leilão, é importante entender as implicações e benefícios relacionados ao seguro veicular.

Em síntese, ao considerar o seguro para um carro de leilão, é crucial estar ciente dos critérios das seguradoras e das condições do veículo.

A análise detalhada das características do automóvel e a comparação de diferentes ofertas de seguro são passos essenciais para garantir uma proteção adequada.

Além disso, é importante mencionar a APVS, uma empresa especializada em proteção veicular que pode oferecer soluções personalizadas para veículos provenientes de leilão, proporcionando tranquilidade e segurança aos seus clientes.

Se deseja fazer uma cotação na melhor proteção veicular do Brasil, clique AQUI e faça sua cotação!

Gostou do artigo Carro de Leilão faz Seguro? Compartilhe com seus amigos e com seus amigos.

Solicite sua cotação na APVS Brasil clicando no botão

Posts Relacionados

Veja mais
Qual o Melhor Óleo Para Moto?

Qual o Melhor Óleo Para Moto?

Qual melhor óleo para moto? É um equívoco pensar que cuidar de uma motocicleta se resume a uma revisão anual. Na verdade, manter o veículo em boas condições, garantir sua

Melhores Seguros para Carros

Melhores Seguros para Carros

Melhores seguros para carros quais são? Escolher o seguro auto ideal pode ser uma tarefa bem difícil, não é mesmo? E temos tantas opções de seguro no mercado Na busca

Lista de Melhores Empresas de Seguro de Carros

Lista de Melhores Empresas de Seguro de Carros

Empresas de Seguro de Carros quais são? Escolher uma das melhores seguradoras de carros para proteger o veículo é uma decisão importante para qualquer pessoa com propriedade de um automóvel. Afinal, o seguro

Quanto Ganha um Vendedor de Carros? Comissão ou Salario Fixo?

Quanto Ganha um Vendedor de Carros? Comissão ou Salario Fixo?

Quanto Ganha um Vendedor de Carros? Comissão ou Salario Fixo? Qual é melhor? Comissão para vendedor de carros é uma das formas mais comuns de remuneração nas revendas de seminovos

Seguro Auto para Mulher Quais as Vantagens e Como Funciona?

Seguro Auto para Mulher Quais as Vantagens e Como Funciona?

Seguro Auto para Mulher como funciona? Do ponto de vista estatístico, as estatísticas indicam que as mulheres costumam se envolver em acidentes de trânsito com menor frequência em comparação com

Carro de Leilão faz Seguro? [Guia Completo]

Carro de Leilão faz Seguro? [Guia Completo]

Carro de leilão faz seguro? Neste texto, exploraremos o processo de assegurar um veículo adquirido em leilão. Mas esclareceremos suas dúvidas sobre o seguro para carros provenientes de leilões e

Venha fazer parte da Maior Proteção Veicular da America Latina

Solicite sua cotação agora clicando no botão abaixo

Na APVS Brasil você tem um atendimento personalizado através do WhatsApp, aqui na APVS você tem coberturas como: roubo, furto, PT, terceiros, assistência 24 horas, e muito mais, clique no botão acima agora e solicite sua cotação!